Bom dia! Ji-Paraná (RO), Quinta-feira, 17 / 04 / 2014


OCORRÊNCIA POLICIAIS
Data da notícia:26/10/2011

ACADEPOL
A Acadepol ( Academia de Polícia Civil), entregou ontem (25), às 10 horas, as carteiras e certificados de conclusão do "Curso especial para tripulação de embarcação no serviço público", promovido pela Delegacia Fluvial de Porto Velho em parceria com a Polícia Civil de Rondônia. O curso foi realizado do dia 18 de julho de 2011 a 22 de julho de 2011, na Escola Estadual Castelo Branco. Foram 25 formandos, entre estes dois delegados de polícia, um perito criminal, dois escrivães e 20 agentes de polícia. Estiveram presentes no evento algumas autoridades da polícia civil, dentre elas o delegado Pedro Roberto G. Mancebo, Diretor Executivo da Polícia Civil, o qual externou agradecimentos ao Sandro Moura, delegado de Polícia Civil, idealizador da execução deste curso.

ARMA
Com o objetivo de aumentar a sensação de segurança da população rural e intensificar o policiamento nas linhas que cortam a área que estão sob a responsabilidade da 4º Companhia de Policiamento Ostensivo do 2º BPM (São Miguel do Guaporé), as patrulhas da ROTAR (Ronda Ostensiva Tática Rural) passaram a intensificar as abordagens e a consulta nominal dos que transitam pela área rural. As guarnições composta pelos policiais militares soldados Gulart, Kovalchuk, Lopes, Negres, André, Gimenez, Elisaac e Polini realizaram a apreensão de um revólver Calibre 32, com cinco munições intactas com Edivaldo Bezerra. Este disse que comprou a arma, pois a região é muito perigosa e precisa transitar diariamente pela região. Como o agente não possui porte de armas, o mesmo foi encaminhado para a Delegacia de São Miguel para os procedimentos legais.

ESTELIONATO
A equipe do Sevic (Serviço de Investigações e Capturas da Polícia Civil), em Urupá cumpriu, neste fim de semana, Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de Walter Campos, estelionatário que agia no interior do Estado usando nomes falsos e cheques em nome de Hélio Vaz e de terceiros. A prisão ocorreu em Buritis, após Walter ter passado diversos cheques nos municípios de Teixeirópolis, Urupá, Alvorada do Oeste, Monte Negro, Ji-Paraná e Ariquemes. Segundo as investigações, o acusado utilizava o nome falso de Helio Vaz e passava os cheques em nome deste, bem como, outros cheques sem origem definida e não esclarecida por Walter. As vítimas apontam que ele adquiriu materiais agropecuários nos municípios, tais como: rolos de arame liso, vermífugos para gado e cavalo, botas/botinas, entre outros objetos domésticos. Ele identificava-se como morador da região e após retirar o material, sumia sem deixar rastros.


Esta noticia foi vista 414 vez(es)




NOTÍCIAS ANTERIORES
Digite a palavra desejada:






O Jornal Correio Popular é uma publicação pertencente à
EMPRESA JORNALÍSTICA C.P. DE RONDÔNIA LTDA Fonefax: 0** 69 3421-6853
E-mail´s da Redação: redacao@correiopopular.net - correiopopular@superig.com.br - cpopular@uol.com.br