Jornal Correio Popular Notícia

SAÚDE
Marcos Rocha reforça importância de hospital

Data da notícia: 2023-11-10 18:05:27
Foto: Assessoria
O governador afirmou que a unidade hospitalar vai ajudar aos municípios da Pérola do Mamoré

“Trata-se de uma obra aguardada por cada cidadão de Guajará-Mirim, sendo de vital importância para a ampliação do atendimento à saúde da população. Ela representa uma história de luta do município e o governo estadual tem atuado forte para garantir a construção do Hospital de Guajará-Mirim que vai absorver com mais qualidade e segurança aos anseios dos moradores”, enfatizou o governador Marcos Rocha (União Brasil).

Desde 2 de outubro, a população acompanha o andamento da obra do Hospital Regional do município. O governo de Rondônia, em cooperação com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops), trabalha para entregar a unidade reformada no prazo de 10 meses, para atender os municípios da Pérola do Mamoré. O Unops é um organismo da Organização das Nações Unidas (ONU), especializado em infraestrutura e gestão de projetos, responsável pela execução da obra. A organização tem um Acordo de Cooperação Técnica internacional com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) para melhorar a infraestrutura hospitalar rondoniense e o fortalecimento institucional da Semusa.

A Sesau estabeleceu uma agenda semanal para conversas e esclarecimentos técnicos com a empresa que executa os trabalhos que, segundo a pasta, está sendo cumprida desde o início de novembro. “É muito satisfatório para nossa gestão iniciar esta obra e estamos empenhados em garantir a entrega tão esperada do Hospital de Guajará-Mirim à população. O governo de Rondônia está cumprindo e realizando todos os trâmites técnicos necessários para a entrega da obra”, afirmou o titular da Sesau, Jefferson Rocha.

Segundo Marcos Rocha, a obra será fundamental para o sistema de saúde estadual. Em Guajará-Mirim, por exemplo, a conclusão dos trabalhos permitirá ampliar o acesso a serviços pela população, que, muitas vezes, precisa viajar até a capital em busca de assistência. “Temos uma parceria bastante profícua com o governo de Rondônia, já há alguns anos. Neste projeto, além do apoio para melhoria da infraestrutura, vamos realizar capacitações e, assim, fortalecer a atuação institucional da Secretaria [Estadual] de Saúde, em uma perspectiva de promoção da gestão pública justa e equitativa”, explica o gerente do projeto no Unops, Rafael Esposel.

Fonte: Secom

Notícia vista 11240 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.