Jornal Correio Popular Notícia


EXPECTATIVA
Colheita do cacau inicia com previsão de aumento na safra

Data da notícia: 2024-04-15 17:24:14
Foto: Jessica Ocampo e Irene Mendes
No lançamento da colheita, foram promovidas palestras sobre poda, nutrição, fermentação e secagem do cacau

A abertura da colheita de cacau é promovida pela Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Câmara Setorial do Cacau, Centro de Estudos Rio Terra e Prefeitura Municipal de Jaru.


Iniciativas e Perspectivas

A expectativa é de aumento expressivo na safra e traz boas perspectivas para o setor, tanto em termos de geração de renda quanto de desenvolvimento sustentável. De acordo com a Seagri, existe a previsão de crescimento de 34% na safra de 2024 em relação a 2023, com a produção passando de 5.069 toneladas para 6.800 toneladas, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2023.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha (União Brasil), a parceria entre os diversos agentes da cadeia produtiva do cacau é fundamental para garantir o sucesso da atividade. Desde a produção de mudas de cacaueiros até a comercialização do produto final, cada etapa do processo envolve um trabalho conjunto entre órgãos governamentais, instituições de pesquisa, empresas privadas e agricultores familiares. “A criação de iniciativas como a Rota do Cacau, o Comitê do Polo Cacau Amazônico e o Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau (Concacau), fortalecem o desenvolvimento sustentável do setor”, ressaltou.

Segundo o secretário da Seagri, Luiz Paulo, com o aumento da demanda por produtos de cacau de qualidade e a crescente valorização da produção sustentável, Rondônia tem se destacado no cenário nacional e internacional. A colheita do cacau é o começo de um ciclo de sucesso e crescimento para esse segmento da agricultura.

“Atualmente, Rondônia é o segundo maior produtor de cacau da região Norte e o quarto do Brasil. O estado conta com 2.342 propriedades que cultivam cacaueiros, sendo que 98% da produção é exportada para a Bahia. A fase de colheita do cacau é de grande importância para os produtores, pois é neste momento que todo o esforço e investimento, realizados ao longo do ano, são finalmente recompensados”, destacou.

Fonte: Secom

Notícia vista 12008 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.