Jornal Correio Popular Notícia
SAÚDE
A importância da vacina contra a Herpes Zoster é um alerta para a saúde pública

Data da notícia: 2024-05-14 12:19:00
Foto:

A recente divulgação do jornalista Tiago Scheuer sobre seu diagnóstico de Herpes Zóster trouxe à tona a importância de conscientizar o público sobre essa doença muitas vezes subestimada. O relato pessoal de Scheuer destacou não apenas a angústia física que acompanha o vírus, mas também ressaltou a necessidade de prevenção por meio da vacinação.

A Herpes Zóster, também conhecida como cobreiro, é uma infecção viral causada pelo mesmo vírus da catapora, o varicela-zóster. Após uma infecção inicial de catapora, o vírus permanece latente no sistema nervoso e pode reativar décadas depois, manifestando-se como Herpes Zóster. Esta condição é caracterizada por erupções cutâneas dolorosas, que se apresentam como bolhas agrupadas em uma área específica do corpo, muitas vezes acompanhadas por sintomas como dor intensa, coceira e sensibilidade ao toque.

Dr. Marco Cesar, Diretor Clínico da Salus Imunizações, enfatiza a importância da vacinação como medida preventiva contra a Herpes Zóster. Ele ressalta que a vacina contra o herpes zóster é altamente eficaz na redução do risco de desenvolvimento da doença e na diminuição da gravidade dos sintomas em caso de infecção. "A vacina contra o herpes zóster é uma ferramenta crucial na proteção da saúde pública, especialmente para indivíduos com maior risco de complicações, como idosos e pessoas com sistemas imunológicos comprometidos", afirma o Dr. Marco Cesar.
A vacina contra herpes zóster é recomendada para adultos com mais de 50 anos, mesmo para aqueles que já tiveram catapora anteriormente. Ela também é indicada para pessoas que tiveram episódios de Herpes Zóster no passado, pois ajuda a prevenir recorrências da doença. Além disso, a vacina pode ser administrada mesmo em pessoas que tiveram casos anteriores de Herpes Zóster, pois pode reduzir a gravidade e a duração dos sintomas em episódios futuros.

O relato de Tiago Scheuer é um lembrete vívido de que a Herpes Zóster pode afetar qualquer pessoa, independentemente da idade ou condição de saúde. Portanto, é fundamental estar ciente dos sinais e sintomas da doença e tomar medidas preventivas, incluindo a vacinação, para reduzir o risco de infecção e suas complicações.
Além disso, é importante ressaltar que a vacinação não só protege o indivíduo vacinado, mas também contribui para a proteção da comunidade como um todo, através da redução da transmissão do vírus. Portanto, ao receber a vacina contra herpes zóster, não apenas estamos protegendo a nossa própria saúde, mas também ajudando a proteger aqueles ao nosso redor.

Em suma, a história de Tiago Scheuer serve como um alerta para a necessidade de conscientização sobre a Herpes Zóster e a importância da vacinação na prevenção dessa doença debilitante. A vacina contra herpes zóster é uma ferramenta valiosa na luta contra esta condição e deve ser considerada como parte integrante dos esforços de saúde pública para proteger a população contra doenças infecciosas evitáveis. Finaliza Dr Marco Cesar, Diretor Clinico da Salus Imunizações. Com informações da Assessoria.




Fonte: Assessoria

Notícia vista 11554 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.